Hospital de Clínicas anuncia reativação do serviço de transplante hepático infantil

O Complexo Hospital de Clínicas (CHC) da Universidade Federal do Paraná anunciou a reativação do serviço de transplante hepático infantil. Desde junho de 2016 nenhum hospital realizava esse atendimento no Estado e, a partir de agora, o CHC é a única instituição a atender nessa especialidade.

A reativação do serviço decorre de uma parceria entre o CHC e o Sistema Estadual de Transplantes, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA/PR). Apesar de pioneiro na área de transplante de órgãos, dificuldades financeiras fizeram com que o hospital universitário não atendesse mais essa demanda por certo período.

Com a ausência de outro hospital que realizasse o serviço, as crianças que necessitavam do atendimento estavam sendo encaminhadas para outros estados, como São Paulo e Rio Grande do Sul. “Agora o CHC vai assumir toda a demanda por transplante hepático pediátrico do Paraná. Nós estamos trabalhando para identificar todo paciente precocemente e garantir que ao menos um por mês seja encaminhado ao hospital. O serviço está sendo estruturado para ter início já na semana que vem, com o funcionamento dos ambulatórios e encaminhamento para avaliações”, conta a diretora da Central Estadual de Transplantes, Arlene Badoch.

Julio Coelho, chefe do Serviço de Transplante Hepático do CHC, destaca que o procedimento reativado é delicado e que por isso a parceria com o Estado é fundamental. “Por ser um processo sofisticado e ter legislação própria, a participação da Central Estadual de Transplantes é essencial para que isso se efetive. Estamos otimistas de que o serviço será concretizado, pois temos uma conjunção de fatores favoráveis e todos os envolvidos estão empenhados em fazer a iniciativa dar certo”, disse. Segundo Coelho, em breve será iniciado o cadastramento de pacientes e, à medida que forem surgindo órgãos disponíveis, os transplantes serão realizados.

A superintendente do CHC, Claudete Reggiani, lembra que a instituição possui dupla função. “Todos nós ganhamos com a reativação desse serviço. Ganha a sociedade e também as pessoas que aqui são formadas, pois é mais uma especialidade para o aprendizado dos nossos profissionais. Além de atender à comunidade no nível terciário da saúde, o CHC forma médicos. Assim, com o retorno desse atendimento, acredito que o hospital está cumprindo sua missão”, disse.

O superintende dos Amigos do HC, Edelcio Jacomassi, também esteve presente, junto com o assessor institucional, Gerson Zafalon Martins. Eles se colocaram à disposição do Hospital de Clínicas para a realização de projetos envolvendo o setor de Transplante Hepático.

 

*Texto: Jéssica Tokarski/Marketing HC

Acompanhe nossas notícias, projetos, eventos e tudo mais!