fbpx

Os Amigos do HC receberam uma doação de R$ 27.135, 00 realizada pela Associação Paranaense do Ministério Público (APMP) em apoio à campanha “O HC Precisa de Você – A luta não acabou!” para o combate à pandemia pelo Hospital de Clínicas. O recurso será destinado para a compra de medicamentos sedativos para a intubação de pacientes com a COVID-19 em tratamento no hospital.

O valor foi arrecadado pela campanha “SOS COVID-19”, realizada junto aos 153 associados da APMP. A iniciativa tem como objetivo de ajudar os hospitais e a população a enfrentar o agravamento da pandemia e evitar um novo colapso no sistema de saúde. Além do Complexo Hospital de Clínicas por meio da Associação Amigo do HC, outros dois hospitais foram beneficiados: Hospital Nossa Senhora das Graças e Hospital Universitário Evangélico Mackenzie.

Ao todo, a APMP arrecadou mais de R$ 70 mil para essa campanha beneficente emergencial de auxílio aos hospitais para o enfretamento à COVID-19. Com o recurso, serão comprados itens necessários a cada hospital, como medicamentos sedativos, para a realização do atendimento aos pacientes com a doença e ampliados os leitos de UTI e de Enfermaria exclusivos para a COVID-19.

O presidente da Associação Paranaense do Ministério Público, André Tiago Pasternak Glitz, comentou sobre a importância da ação para as unidades e profissionais de saúde na linha de frente: “Neste momento tão difícil, a campanha SOS COVID foi uma oportunidade dos Promotores, Promotoras, Procuradores e Procuradoras de Justiça do estado do Paraná poderem contribuir com os profissionais de saúde, que estão na linha de frente no combate à COVID-19, se dedicando e se arriscando para proteger vidas e cuidar da saúde de todos”. “Foi um privilégio ajudar uma instituição tão importante ao Paraná, como é o Hospital de Clínicas. Juntos vamos superar essa realidade turbulenta que estamos vivendo”, concluiu Glitz.

Em seu site, a Associação Paranaense do Ministério Público agradeceu a cada associado que fez parte da campanha. Os Amigos do HC também agradecem a APMP pela iniciativa e seus associados pela solidariedade.