fbpx

Na manhã desta quinta-feira (22), foi anunciada a criação do Centro Avançado de Atenção Multiprofissional Pós-Covid do Hospital de Clínicas para o tratamento de pacientes do hospital com sequelas da Covid-19. O serviço inédito será viabilizado pelos Amigos do HC com recursos da Megamania e por meio de campanha de arrecadação. O anúncio foi realizado durante uma coletiva da imprensa com a participação do reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, a superintendente do CHC, Claudete Reggiane, e o presidente dos Amigos do HC, Pedro de Paula Filho.

O Centro Avançado de Atenção Multiprofissional Pós-Covid trata-se da ampliação do atendimento dos pacientes recuperados, mas com sequelas de diferentes tipos e níveis de gravidade. O espaço oferecerá o tratamento e reabilitação desses pacientes. Segundo a superintendente do CHC, Claudete Reggiane, as atividades terão como base três pilares. “Atendimento às sequelas de decorrentes da própria doença, sequelas decorrentes do próprio tratamento como perda de massa muscula, e sequelas emocionais pelo longo tempo de internação”, explicou a superintendente.

Atualmente, o Hospital de Clínicas já atende, em ambulatório, pacientes com esses quadros, entretanto, o número e a gravidade das marcas pós-Covid exigem uma abordagem ampliada e multidisciplinar para complementar a linha de atenção aos pacientes. Sob essa perspectiva, a criação de um centro multiprofissional poderá atender o paciente de maneira integral e holística já que Hospital de Clínicas dispõe de tecnologia e expertise para realizar esse tipo de atendimento.

“O HC já atende em laboratório separado, com o apoio da Associação dos Amigos do HC através de novo espaço físico poderemos ampliar e integrar esses atendimentos através de uma equipe multidisciplinar composta por docentes, médicos de diversas especialidades”, afirmou Claudete. O projeto envolve profissionais altamente capacitados, que vão trabalhar em uma equipe multiprofissional, tendo em vista a diversidade das sequelas que serão tratadas. Essa equipe engloba profissionais de saúde de diferentes áreas, como médicos, enfermeiros, nutricionistas, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, fonoaudiólogos, psiquiatras, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas.

De acordo com o presidente dos Amigos do HC, Pedro de Paula Filho, a Associação está trabalhando em busca do imóvel próximo ao Hospital de Clínicas e na angariação de recursos em parceria com a Megamania para o projeto. “O papel da Associação nesses 35 anos é de promover essas ações visando à melhoria da condição de atendimento. Gostaria de convidar para participar das ações da Associação”, declarou o presidente.

O reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, agradeceu os Amigos do HC para a execução de mais esse projeto em prol dos pacientes do Hospital de Clínicas. “Fica o profundo agradecimento à Associação dos Amigos do HC, que está disponibilizando o lugar para que essas atividades aconteçam, e esse registro que a Universidade Federal do Paraná estará sempre à disposição para a população paranaense”, agradeceu o reitor.